Follow by Email

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Muito obrigada...

Olá pessoal!!!

Olha eu sumida novamente né? Foi mal....
Minha vida está uma loucura e realmente não tenho lembrado do blog... Hoje recebi mais um comentário no meu primeiro post "Sim eu perdi o Olfato". O nome dele é Ryan, e me fez lembrar como posso ajudar as pessoas escrevendo aqui...
Pow galera, valew pelos comentário e tudo mais. Vocês também me dão forças pra continuar escrevendo e sempre me lembrando que não estou sozinha nessa!!!

Do mais, não tenho novidades... O olfato continua na mesma, sem melhora ou piora... Já faz uns meses que não faço mais tratamento, nem para rinite ou sinusite. Ainda espero uma cura divina e sei que Deus vai me curar no tempo certo!!! Prefiro pensar que tudo isso tem um propósito e que lá na frente vou entender qual era... Isso serve pra eu aprender a confiar em Deus!

Bom, se precisarem, falem comigo! Estamos ai!!! Vamos nos ajudar e não desanimar heim pessoal! A vida continua!

Beijooooooooooo

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Meu nariz está entupido! E agora?

Genteeeeeeeeeeeeeeeeeee, quanto tempo!!!

Olha só, hoje eu vou postar um conselho!!! Esse conselho é pra você, que como eu, tem rinite, sinusite, ite, ite, ite... Rs.
Sabe quando você vai dormir e o seu nariz simplesmente entope e fica tipo essa imagem aqui? Ou às vezes durante o dia? Ou às vezes durante uma gripe? Ou às vezes entope só de um lado (nossa, isso era horrível)?
Então, se isso acontece com você, o conselho é: NÃO USE ESSES DIVERSOS REMÉDIOS SEM RECEITA PRA ALIVIAR... Tipo, neosoro, sorine, aturgil, etc. Sabe porque? Quando eu fui diagnosticada com esse problema do capeta, o médico me perguntou:

1º - "Você usa drogas, tipo cocaína?" - não
2º - "Você já usou aqueles remédios para desobstruir o nariz?" - Sim, a vida inteira, desde pequena.

O que acontece é que eu era meio que viciada. Tinha um na bolsa e outro em casa. Outra na casa da sogra e outro na casa do Pai. =(
O médico garantiu que isso pode muito ter sido um agravante sério para que eu perdesse o olfato. O esquema é o seguinte, esses remédios vão destruindo aos poucos o seu nervo olfativo e todo o resto das vias. Pelas duas perguntas do médico e até arrisco dizer que seria a mesma coisa se cheirássemos cocaína... Gente....
Por isso, fica a dica: se você é viciado em algum desses remédios, PARE AGORA, VÁ AO MÉDICO E FAÇA UM TRATAMENTO!!!
É o que estou fazendo agora (tarde demais, mas antes tarde do que nunca). Toda vez que meu nariz começa com essa frescura de querer entupir, eu marco um otorrino e peço um tratamento. Coisa de 2 dias no tratamento e pronto!
Enfim, espero que isso sirva pra vocês!!! Serviu pra mim... Rs...

Abraços e Deus abençoe!
Cura "pánois"!


segunda-feira, 9 de setembro de 2013

Desistir? Jamais...


To lendo um livro que se chama: "Uma vida com propósitos". O livro é demais e a instrução é que leiamos apenas um capítulo por dia. No capítulo de hoje eu li uma parte que me tocou muito e resolvi compartilhar aqui. Serve pra todos aqueles que passam pelo mesmo problema que eu e que aguardam uma cura.

"Recuse-se a desistir. Seja paciente e persistente. A Bíblia diz: Entendam que [os problemas] vêm para lhes testar a fé e gerar em vocês perseverança. Mas deixem que esse processo continue até que a perseverança se desenvolva completamente, e descobrirão que se tornaram homens de caráter maduro, de integridade, sem nenhum ponto fraco.30
A construção do caráter é um processo lento. Sempre que tentamos evitar ou escapar das dificuldades da vida, invalidamos o processo, atrasamos nosso crescimento e na verdade acabamos com um tipo de sofrimento ainda pior — o tipo inútil, que acompanha a negação e a rejeição. Quando você compreende as conseqüências eternas do desenvolvimento de seu caráter, faz menos orações do tipo “Consola-me” (“Faze que eu me sinta melhor”) e mais orações do tipo “Torna- me adequado” (“Usa isso para tornar-me mais semelhante a ti”).
Você sabe que está amadurecendo quando começa a ver a mão de Deus nos acontecimentos aleatórios e confusos e nas circunstâncias da vida aparentemente sem sentido.
Se você estiver enfrentando problemas neste exato momento, não pergunte: “Por que eu?”. Em vez disso, pergunte: “O que você quer que eu aprenda?”. Então confie em Deus e siga fazendo o que é certo. Vocês precisam perseverar, de modo que, quando tiverem feito a vontade de Deus, recebam o que ele prometeu?31 Não desista — cresça!"

Demais né?
Não vamos desistir heim pessoal! Aguentem firme e confiem em Deus que a cura uma hora vem. TUDO tem um propósito!!!

Beijos
Deus abençoe
Ju

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Uma notícia triste...

É pessoal, hoje meu post não é muito legal, mas serve pra nos mostrar que não devemos desanimar...

Há um tempo recebo comentários no primeiro post desse blog: "Sim, eu perdi o olfato". Em agosto desse ano um dos comentários foi do querido Marcelo contando sua dificuldade por ter perdido o olfato e como aquilo estava realmente fazendo mal pra ele e o perturbando demais... Conversamos um pouco e eu disse que é realmente frustrante perder um dos sentidos, mas que devíamos ter fé e não perder as esperanças, pois Deus pode nos curar. Ele comentou que estava muito mal e que até pensava em suicídio por conta disso... Fiquei um pouco assustada, mas continuei falando que ele encontrasse forças e que orasse... Enfim... Hoje recebi um comentário da irmã dele, a Fabi, dizendo que ele se matou no sábado... Ela me escreveu: 

"Ele passava o dia inteiro cheirando as mesmas coisas e dizia que estava parando gradativamente. Quando parou de sentir, ele passava o dia dizendo que não respirava mais, que estava sufocado, que precisava se libertar daquele corpo... Ele foi em uns 30 médicos, eu acho, tentou acupuntura - umas 2 sessões, tava tomando homeopatia, coticóide, calmantes... Ele acordava a noite gritando desesperado, se batia na parede, dizia que precisava voltar a viver. Deixou um filhinho lindo de 9 anos, que esta tb completamente arrasado. Por favor Ju, oremos pela alma dele, ele realmente estava num desespero que nunca vimos igual".

Gente, peço pra que todos orem pela família dele, pedido forças e consolo. 

Esse é um problema realmente sério. O olfato é um dos sentidos e sem ele, além de não sentirmos os cheiros da vida, nosso paladar fica comprometido, nos privando de sentir um dos melhores prazeres: saborear uma deliciosa refeição.

Se você perdeu seu olfato, não desanime, escreva aqui pra mim e a gente conversa... Não deixe isso tomar conta da sua vida, por mais difícil que seja. Seja forte, lute, ore, acredite que Deus pode te curar... Por mais que demore, não desista!!! Tenha fé!!!


Deixo aqui meus sinceros sentimentos à família do Marcelo e conto com a oração de todo mundo.


Estou realmente disposta a orar e conversar com quem precisar e quiser, ok?


Beijo

Ju



segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Anosmia ou Hiposmia?


É pessoal... E na contínua busca pela minha cura e procurando saber mais, descobri que na verdade não sofro de anosmia e sim de hiposmia. Achei a descrição nesse site e por sinal é bem interessante!!! Também fiquei sabendo que podemos ter somente a perda do paladar...
Quem está pesquisando sobre o assunto e quer saber mais, vale a leitura!!!

http://www.hc.ufpr.br/?q=node/849


Quais são os níveis da perda olfativa?
Há vários níveis de perda olfativa, desde uma perda leve, moderada até total.
Anosmia é quando tem perda total.
Hiposmia é quando tem perdas menores, não totais. São perdas moderadas.
parosmia é a alteração olfativa, uma distorção no olfato. A pessoa sente um cheiro e interpreta incorretamente.

O que causa as perdas olfativas?
Dividem-se as perdas olfativas em perdas de condução, em que a pessoa tem uma obstrução respiratória, e perdas sensoriais. A gripe pode dar uma perda olfativa por condução ou por lesão nas células receptoras da mucosa olfatória. A perda condutiva é causada por uma rinite alérgica ou um desvio de septo, por exemplo. A perda sensorial é a perda em que há lesão dos neurônios que estão na mucosa olfatória dentro da cavidade do nariz.
O vírus do resfriado ou da gripe pode destruir o neurônio olfatório, e ele pode ou não se regenerar. Ele tem uma vida útil de 30 dias mais ou menos. A gripe e o resfriado duram em média 7 dias. Se a pessoa teve uma lesão do neurônio olfatório e esse neurônio não se regenerou, ela pode manter essa perda olfativa por anos, ou nem recuperar. A perda olfativa pode levar 1, 2, 3 meses para voltar ao normal, às vezes anos, às vezes nunca mais volta.
Como é o tratamento?
A perda de olfato condutiva, causada por rinite alérgica ou desvio de septo, tem tratamento cirúrgico e tratamento clínico. Essas perdas olfativas pós-virais não têm um tratamento clínico estabelecido com confiança estatística.
O que é o paladar?
O paladar é 80, 90% dado pela mucosa olfatória. As papilas gustatórias da língua são responsáveis para identificar as quatro sensações gustativas tradicionais, como o doce, salgado, azedo, amargo. O gosto da comida, o paladar, é dado mais pela mucosa olfatória do que pelas papilas gustatórias. Quando tapamos o nariz, comemos e bebemos, não conseguimos sentir nem o gosto nem o cheiro da comida. Quando a pessoa tem uma perda olfativa, ela tem uma perda do paladar muito acentuada. Paladar é olfato, envolve 90% o olfato e 10% as papilas gustatórias.
É possível ter perda do paladar e não ter perda olfativa?
Quem tem perda do paladar tem perda olfativa. Gustação é a sensação gustativa do doce, salgado, amargo, azedo... isso é gustação. Paladar, gosto, sabor envolve o olfato. Quem tem perda de paladar com certeza tem perda olfativa.
Se a pessoa só tem perda da mucosa olfatória, ela não tem alteração gustativa, consegue perceber o doce, salgado, azedo, amargo. Mas o gosto realmente das comidas é dado pela mucosa olfatória. Se ela tiver uma perda olfatória, ela não vai conseguir sentir.
Quando a perda do paladar pode acontecer?
Pode acontecer em qualquer idade. Os pacientes mais velhos têm propensão de ter maior perda olfativa após uma infecção, porque a mucosa olfatória vai se degenerando com o passar dos anos. O paciente de 70 anos tem, teoricamente, muito menos mucosa olfatória funcionando do que o indivíduo de 20 anos. Se ele pegar um resfriado e o vírus tiver destruído aquela pouca mucosa olfatória funcionante, ele pode reclamar de mais perda olfativa do que o indivíduo jovem, porque este tem muita mucosa olfatória, então a parte que foi destruída talvez nem seja percebida.
Fumar pode causar a perda do olfato e paladar? E medicamentos?
Fumar pode alterar a percepção olfativa, pois o cigarro tem substâncias químicas que podem levar à destruição do neurônio olfatório. Medicamentos podem também causar a perda olfativa e a perda do paladar, como alguns anti-hipertensivos. Mas é mais por interferirem no funcionamento do neurônio olfatório, não levam à lesão. Se a pessoa parar com o remédio, volta a ter a função normal.
O resfriado lesa as papilas gustatórias. Após o resfriado o paciente pode perder a gustação.
O que pode causar a perda do paladar?
Gripe, resfriado, rinossinusite, infecções respiratórias, traumatismo cranioencefálico e causas indeterminadas. Alguns traumatismos podem levar à perda olfativa, como a lesão do córtex olfatório. Neste caso, é imediato. Após o trauma, a pessoa já refere que perdeu o olfato. Não é gradativo.
No caso das doenças respiratórias, pode haver perda olfativa por causa do nariz tapado. Melhorou, volta. Se tiver o azar de ter uma lesão do neurônio olfatório, vai passar o resfriado e vai continuar com a perda. Não tem como prevenir. Acontece independentemente.
Ficar em contato com produtos químicos pode levar à perda também. Inseticidas, pesticidas, níquel, cádmio, cigarro, tem várias substâncias que podem lesar a mucosa olfatória. Pode ser reversível ou irreversível.
Quais são os graus da perda de paladar?
Hipogeusia: diminuição da gustação.
Ageusia: perda completa da gustação.
Disgeusia: alteração da percepção gustativa.
Como é o tratamento?
Refluxo gastroesofágico, faríngeo, doenças de glândulas salivares, dentes em mau estado, arcada dentária com problemas, cáries e infecções de gengiva podem levar à alteração da gustação. Se tratados, o paladar melhora. 

Abraços
Deus abençoe

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Salsicha? Jura?

Poxa, faz tempo que eu não apareço por aqui né?

Bom, não tenho muitas novidades, já que meu quadro continua o mesmo: sem cura, na mesma, mas com fé de que a cura vem!!!

Há um tempo o maridão mudou de emprego e tive que começar a rotina da famosa marmita! Pra quem não manjava muito cozinhar, até que to me saindo bem viu... rs.
Um determinado dia o maridão chega e pede: "Amor, será que rola salsicha com molho?". Nunca fiz, mas me arrisquei. Aprovadíssimo pelo maridão... Depois que terminei de fazer, resolvi experimentar (desde o incidente nunca mais comi salsicha, porque o gosto ficou horrívelmente horrível...). Manoooooooooo, estava muito gostoso! Não sei se foi a marca da salsicha, ou se o molho estava gostoso, ou o que... Mas estava muito bom!
Isso foi novidade...
Acredito que de tempos em tempos terei que experimentar tudo o que eu sabia que era horrível, porque pode ser que tenha mudado... Enfim, que ótimo!

Acho que a única novidade foi essa! Hehe...

Beijocas




sexta-feira, 1 de março de 2013

E ai, pode ser perigoso?

O que? Não ter olfato normal?
Pode sim...

Pelo fato de eu não ter perdido 100% do olfato eu achava que não havia perigos, mas com o tempo e com algumas situações vividas, percebi que sim...
Há 1 semana minha irmã entrou na cozinha e falou: "Genteeee, que cheiro de gás é esse?". Meu maridão foi na cozinha e disse: "Nossa, está mesmo!". Eu entro e digo: "Nope...".
Imagina se eu estivesse sozinha em casa? Ia morrer inalando gás de cozinha... Aff!
Hoje, sozinha em casa, fiquei um pouco mais apreensiva do que com o incidente citado acima... Desempregada eu fico em casa sozinha o dia inteiro e to fazendo minha comidinha... Frito frango na frigideira todo dia e hoje não foi diferente. Coloquei o franquinho lá com um pingo de óleo, em fogo baixo e com a tampa em cima (como de costume). Deixei fritando lá e fui fazer outras coisas fora da cozinha (como de costume). Dei um tempinho, voltei e virei o frango pra fritar do outro lado e deixei mais um pouquinho e sai novamente (como de costume). Quando eu voltei, fui tirar a tampa pra ver o frango e o pegador da tampa (de plástico) saiu na minha mão... o parafuso estava dentro da panela e esse pegador estava totalmente queimado e quase queimou minha mão, ou seja, esquentou tanto a ponto de derretar e se descolar da panela... Manolooooooo, eu não senti o cheirooooooooooo de plasticooooooo queimadoooooooo... Fala sério!!! Tipo, eu sinto algum cheiro ainda, mas não sei dizer o que é... Como o frango estava fritando, achei que o cheirinho era do franguinho sendo grelhadinho... Hahahahahahaha... Só rindo mesmo né?
Enfim, a partir de agora vou ficar do lado da panela até terminar de fritar...
Uma outra coisa é que várias vezes eu quase comi comida estragada. Graças a Deus ainda não aconteceu e nas vezes que eu estava com duvida, sempre tinha alguém do meu lado pra eu pedir: "Cheira pra mim pra ver se está bom?" - hehe.
Mas é isso gente, precisei postar isso pra quem NÃO tem o olfato se ligar nessas coisas e pra quem TEM o olfato perceber a importância dele e cuidar bem pra não perder!!!


A imagem eu coloquei pra zuar mesmo... De qualquer forma eu ainda sinto cheiros ruins ou bons, então se seu peido feder eu ainda sentirei um cheiro ruim, ok? Hahahahahahaha

A gente se ve por aqui.
Beijocas