Follow by Email

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Uma história parecida...

Olá pessoal,

Hoje entrei no meu email e fiquei muito feliz ao receber um de Diogo Carvalho. Espero poder ajudar mais pessoas que tenham Anosmia da forma que eu puder... Segue abaixo o email que trocamos. Talvez possa ajudar...

"Boa noite!

Estava procurando na net e encontrei seu blog.

Aconteceu comigo também, depois de uma sinusite, perdi o olfato e paladar, já está há + ou - 60 dias. Usei decadron 10 dias e 10 de nasonex.( foi depois destes rémedio que fiquei assim)
Só que sinto um cheiro ruim de tudo( tipo plastico queimado) e tem dias que fica só com cheiro de sabão em pó.
Não sinto cheiro de nada,fruta, alimentos, o próprio gás de cozinha, não sinto nem cheiro de coco. Fiz tomografia, raio x, um exame que enfia um tubo no nariz e deu coisas, mais segundo médicos nada que comprometesse a perda do olfato. Procurei até neurologista e nada.
Hoje estou fazendo tratamento com homeopatia há 2 semanas e até agora nada. Só que quando coloco desedorante spray vem cheiro muito forte e ruim e queima minhas narinas.
Quando cheiro perfume não consigo sentir cheiro de nada, só queima muito meu nariz por ter álcool.

Aguardo contato"

Minha resposta:

"Diogooooo,

Que horror! Sei como é isso!!! O seu ainda é um pouco pior que o meu... Não sinto essas queimações...
Perdi o olfato depois de uma gripe com sinusite muito forte, mas acho que o que ajudou foi o uso vicioso de remedios como o sorine, aturgil e afins por muuuuito tempo... Meus exames também não disseram nada e por isso os médicos deduziram que o meu nervo olfativo parou de funcionar. Acredito que não tenha sido 100 por cento, pois ainda sinto odores, só não sei definir o que é. Claro que depois de dois anos, vc começa a saber mais ou menos o que pode ser... Ainda consigo definir o que é cheiro bom do que o que é ruim. Mas sofri mais mesmo pelo paladar. Sempre comi de tudo e adorava experimentar, mas depois disso tive que reaprender a comertudo e tenho medo de comer coisas novas!!! Quase entrei em depressão e tive muitos problemas psicológicos por conta disso!
É uma coisa bem séria...
Disseram pra eu tentar acupuntura, mas ainda não tive tempo de marcar uma sessão e nem dinheiro, pois sei que um bom acupunturista é bem caro. Acho que você deveria tentar também. Ainda está recente... Quanto antes, melhor!!!
Uma outra coisa alternativa que fiquei conhecendo foi um lance de respiração de renascimento. Em São Paulo eu tenho uma amiga que fez um curso e está se especializando nessa técnica. Ela explicou que isso nos ensina a respirar corretamente e ajuda no nosso psicologico também. Tudo isso acho válido tentar, já que os remédios não funcionam. Todos os otorrinos e neurologistas que consultei me passaram o mesmo diagnóstico: a medicina não descobriu até hoje um modo de curar ou ressuscitar um nervo, por isso não existe cura. Não existe tratamento, nem cirurgia, nem "protese", nem nada... O que me restou foi continuar um tratamento com um remédio chamado singulair e esses métodos alternativos, além da minha fé em Deus de que a cura pode vir de forma milagrosa, claro!
Enfim, fiquei muito feliz de saber que você encontrou meu blog e quetalvez isso possa te ajudar!
Vamos mantendo contato para saber das novidades e tentativas, ok?

Um abraço e melhora pra nós!!!"

Enfim, essa foi nossa conversa e achei muito válido postar isso para que outros possam vem também.

Obrigada Diogo!

Beijos a todos




segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Outback? Não rola...

Genteeeeeeeeee,

Depois de não sei quanto meses, voltei a escrever!
Sei lá... não rolou nenhum evento que eu achasse válido colocar aqui!
Mas ontem aconteceu!
Resolvi almoçar com os amigos no Outback aqui de Ribeirão Preto. Com esse paladar ainda não tinha comido e com o paladar normal comi, mas há muuuito tempo, então nem lembrava mais.
Os amigos conheciam mais, então pediram o que achavam mais gostoso: a costela com frango e batatas e depois a famosa cebola. Pois bem, eu morrendo de fome olhei aquele frango apetitoso com um monte de molho barbecue em cima e já logo peguei metade do pedaço. Enfiei quase que tudo na boca! Adivinhaaaaaa???? EXTREMAMENTE APIMENTADOOOOO!!!! Para tentar amenizar comi a batata - também estava apimentado!!! Quando a cebola chegou, comi e? Também apimentadoooooooo!!!! Quase morri (tipo esse desenho aqui do lado que implorava por água)!
Para meus amigos estava apimentado, mas nem tanto como pra mim.
Deduzimos que o meu paladar provavelmente intensifica o sabor da pimenta a ponto de me fazer passar mal.
Conclusão: PIMENTA NUNCA MAIS!!!

Beijocas e espero nos vermos mais por aqui

quinta-feira, 5 de abril de 2012

Almoço na casa do chefe. Xiiii...

Ontem meu chefe chega e me intima para um almoço na casa dele com toda equipe. Pra vocês saberem, ele é o mestre na cozinha e pelo que sei sempre gostou muito de cozinhar. Da última vez que comi na casa dele (há uns 2 anos atrás - com paladar zerado), foi sensacional. A comida estava demais!!! Mas e agora que estou com esse olfato e paladar do além???
Bom, recusar eu não podia, porque todos da equipe iam. Era pra comemorar final de produção de 5 comerciais e tal... Vamos então né? Não tem jeito...
Chegamos na casa dele e o cheiro (que não é o mesmo que vocês sentem) não estava ruim, mas também não estava bom... E agora?

- Vou abrir um vinho pra gente! - disse o chefe.

Como eu não bebo, peguei um golinho apenas pra brindar e o vinho é aqueles bem caros sabe? Todos mundo quase que em coro: "mmmm, muito bom..." e eu: sileeeencio... hahahahahahaha.... O chefe até me falou: "que pena que você não bebe... Esse vinho é muito bom". Como eu não podia ficar sem responder, logo falei: "Não sei se te falei, mas perdi meu olfato e por isso meu paladar é comprometido... desculpe não poder compartilhar desse sabor com vocês.". Sempre surge um "Mas como?" e eu nunca escapo de explicar, mas enfim...

Hora da comida...
A cozinheira (treinada pelo chefe) coloca na mesa um lombo recheado com várias negóça e um monte de cebola em cima, um arroz (ok), feijão tropero e couve temperada. Analisei tudo aquilo e na minha cabeça pedi a Deus que me desse força pra não passar vergonha e comer tudo até o final. Coloquei no prato um pedação de lombo (porque já vinha cortado), um pouco de arroz e um pouquinho de feijão - quando não sei como será o gosto da comida, sempre coloco pouco pra tentar comer tudo caso esteja ruim.
Primeira garfada - já coloquei logo tudo de um pouco pra não ter surpresas... Coloquei na boca e..................... FOGOS, ROJÕES, CHUVA DE BRILHOS, MÚSICA, ESTRELINHAS NO AR... estava muuuuito boooooooooooooommmm minha gente!!!! Nem acreditei... Dai elogiei messsssssssssmo!

A única pena disso tudo é que não foi pleno como se tivesse o paladar ok, mas o que devemos analisar no momento é que consegui comer e não foi ruim, então sai muito no lucro! hehe.

Ufa, dessa eu me salvei!

Espero que gostem da história.
Beijocas

terça-feira, 13 de março de 2012

Afinal, o que é Anosmia?

Achei um post muito legal e quero compartilhar com vocês pelo meu blog também. Olha só:


A Anosmia pode causar sentimentos de frustração e tristeza

"- O que é anosmia? 
- Oras! Olhe no dicionário!
- Mas... não tem tal palavra lá!
- Verdade... provavelmente porque a anosmia é pouco conhecida fora do mundo científico e fora de situações nas quais se é ou se conhece o portador!


Anosmia permanente é um problema raro, raramente curável, que consiste na pessoa não conseguir sentir cheiros, podendo ocorrer desde o nascimento ou em razão de problemas psicossomáticos, traumas na cabeça, problemas neurológicos, cirurgias nasais, sinusite ou por doenças respiratórias, como rinite – situações onde há comprometimento dos receptores de odor. 

Há casos em que obstruções nas fossas nasais devido a gripes, resfriados, alergias ou inflamações na língua podem fazer com que o indivíduo perca o olfato e a sensibilidade do paladar. Entretanto, esta perda - denominada anosmia parcial - ocorre por um curto período, recuperando após certo tempo.

Como a identificação de sabores mais refinados dependem do olfato, o anósmico permanente tem dificuldades quanto à identificação de certos gostos, podendo, inclusive, ingerir um alimento estragado sem perceber. Além disso, a dificuldade em perceber a presença de gases, substâncias químicas ou mesmo sentir o cheiro de fogo, pode ter como conseqüência graves acidentes. 

Além dessas questões, a frustração de não se ter o prazer de sentir certos cheiros e gostos pode levar o indivíduo à perda de apetite, distúrbios alimentares e até depressão e problemas com auto-estima. Quanto a estes dois, buscar meios de se compensar estas sensações - como desenvolver atividades que envolvam os outros três sentidos - ou auxílio psicológico, podem ajudar o paciente a lidar com tais questões. 


Por Mariana Araguaia
Graduada em Biologia"


Peguei desse site aqui: http://www.mundoeducacao.com.br/doencas/anosmia.htm.


Achei muito bom, porque realmente passei e passo por algumas situações emocionais por conta da anosmia. O "comer" é um dos maiores prazeres da vida e pra mim isso foi meio deturpado, por isso o psicológico fica abalado nessa situação. Como não posso fazer nada, a não ser orar, sigo a vida tentando comer aquilo que ainda sinto um pouquinho do gosto e me satisfaz. 

Espero que depois disso vocês se sintam mais informados como eu me senti... hehe.
Beijãããão, tchau, tchau.


quinta-feira, 8 de março de 2012

E ai Doutor, tem jeito?


Bom gente, fui no otorrino hoje a levei meu segundo exame de tomografia dos seios da face, ele olhou bem e disse o seguinte:


Dr.: Ju, olhando bem aqui existe como se fosse uma bolha de um dos lados da sua face,  que talvez esteja obstruindo a passagem do odor até o nervo olfativo. 
Eu: Opa! Mas então o que podemos fazer pra tirar isso dai?
Dr.: Cirurgia, MAAASSS por outro lado isso pode não ser o causador da sua perda de olfato. As vezes as pessoas tem essa deformidade anatomica e nem sempre elas dão problema. Por isso eu não aconselho simplesmente te submeter a uma cirurgia sem ter certeza do que seja.
Eu: Com certeza! Não quero fazer cirurgia nenhuma, morro de medo!
Dr.: Vamos continua com o tratamento (singulair comprimido e Avamys spray) durante mais um mês pra ver o que acontece. Esses medicamentos também podem ajudar a diminuir essa bolha. O Singulair começa a  ter algum efeito depois de 3 meses de uso.
Eu: Ok doutor. Mais uma duvida, o que o doutor acha da acupuntura? 
Dr.: Acho muito válido tentar, basta ter paciência para fazer as sessões.

Enfim, continuo na mesma e fazendo o tratamento. Esses dias eu senti uns cheiros diferentes, que não tinha sentido antes, então tenho muita esperança e fora isso creio no poder de Deus!
Vou marcar uma acupuntura pra ver qualé que é também!

Por enquanto é isso gentchi!

Ah! Se você está vendo somente esse post e quer saber como eu perdi meu olfato, vá para o primeiro post que lá eu explico tudo!!!

Beijãããão, tchau, tchau.

terça-feira, 6 de março de 2012

Vai um perfuminho ai?

Pois é, eu tava precisando de um...

Eu e meu marido fomos ao boticário no Domingo. Tinha um amigo nosso junto que descontraiu a situação...
A mesma história, só que dessa vez eu tentei não explicar o porque de não pegar o papelzinho da mão da vendedora.
Chegamos lá, Samuel já foi na frente e eu já logo perguntei pelo último perfume que comprei, porque sabia que era bom. Lógico que ela indicou outros e logo veio com os papéizinhos encharcados de perfume. Simples: pegava os papéis e já entregava para o meu marido. A mulher olhava estranho pra mim, até que Samuel em voz alta me fala: "Explica pra ela vai amor, tá ficando estranho isso...".
Aaaaaaaiiiii, que raiva. Eu tenho tanta preguiça de ficar explicando que só soltei: "Não tenho olfato, desculpe". E pronto! Deu certo! Ela não perguntou o porque! Ufa!

Resumindo comprei o mesmo da última vez e não pude opinar no perfume do Samuel, snif...

Enfim, mais uma aventurinha.

Beijocas a todos
Jub's

domingo, 4 de março de 2012

Ribeirão Preto, e agora?

Bom, recebi a proposta de trabalhar como produtora para campanha política gravando algumas imagens em Ribeirão Preto a cada 15 dias. Vou pra lá e fico duas noites e três dias para produzir esse banco de imagens... Adivinha o que mais me amedrontou?
- Ficar longe do meu marido todo esse tempo? - NÃO
- Fase nova, tudo novo, aprender tudo novo? - NÃO
- Do calor infernal de Ribeirão? - NÃO

TER QUE COMER FORA TODOS OS DIAS E SEM PODER DECIDIR AONDE!!! Ai, que ótimo!

Arrumei as malas e antes de sair, às 5h da manhã, meu marido me chamou e disse: "vamos orar?", lógico que aceitei e no meio da oração surge o pedido: "Senhor, cuida da Ju quando for aos restaurantes... que ela consiga sentir algo bom e não se sinta desconfortável..." - mais ou menos isso. Chorei!
Resumindo, o Senhor atendeu o pedido. Ele é realmente muito bom pra mim gentchi!

Primeiro dia - fomos almoçar em um lugar qualquer, indicado pelo marido da prefeita. Chegamos lá, buffet com saladas (beleza) e nenhuma mistura que eu conseguisse comer. E agora? Cheguei na balança e vi um super omelete passando na mão da garçonete. "Viu, posso pedir um só de queijo e sem nada mais?"- perguntei, "Claro"- ela respondeu! Fechoooooou o rolê. Comi tranquila!
A noite fomos chamados para comer na casa da prefeita. Quando vi aquele  bife todo cheio de alho e cebola meu mundo caiu. Fazer o que? Vou pegar e tento comer uns dois pedaços depois deixo no prato e digo que não aguentei. Que situação desagradável, mas o inacreditável acontece! Consegui comer o bife minha gente! Sensacional!

Segundo dia - café da manhã, ok! Almoço fomos levados em uma das melhores churrascarias de Ribeirão Preto. Só o buffet tinha uns 30 prato, sério! A picanha só com sal, beleza! Pra resumir, desde que perdi o olfato, nunca tinha comido tão saborosamente!
A noite, fomos no famoso pinguim e pedimos uma porção de fritas e umas de filé minhon aperitivo. Comi os dois gostoooooso!
Deus é bom!

Terceiro dia - café da manhã, ok! Almoço, paramos em um shopping, pedi McDonald's, numero 01 sem cebola, com suco e uva, fechô!

Ufa! Passei os 3 dias tranquila... Vamos aguardar os outros dias agora né?
Vou contando pra vocês aqui...

E só pra não ficar sem nenhuma imagem, coloco aqui a foto tirada no Pinguim com minha mais nova colega de trabalho Ligia.

Um beijo pra vocês e até a próxima!

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Propaganda Burguer King FAIL

Sim, essa propaganda foi FAIL pra mim...

Repare só no texto:

No burguer king, nossos hamburguers são grelhados no fogo do mesmo jeito que churrasco, pra estimular o seus sentidos. O som da carne gralhando, o AROMA da carne suculenta (FAIL), a visão dos ingredientes frescos e o MELHOR SENTIDO DE TODOS: O SABOR DE COMIDA DE VERDADE (FAIL, FAIL, FAIL, FAIL, FAIL)


Burguer King, grelhado no fogo, como churrasco...
... E cooperando para a tristeza de quem não tem olfato e paladar.... hahahahahahhahahaha.

Ajuda Deus?

Quando eu falo que o melhor sentido de todos é o paladar, ninguém acredita... E agora?




"Senhor, devolve? Por favor?"
Beijãããão, tchau, tchau

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Comprar perfume ficou complicado...

Perfume é uma mistura de óleos essenciais aromáticos, álcool e água, utilizado para proporcionar um agradável e duradouro aroma a diferentes objetos, principalmente, ao corpo humano. Seu nome deriva do latim per fumun ou pro fumun, e significa "através da fumaça" - (by Wikipédia - hahaha)


Perfume, pra mim, é um cheiro de qualquer coisa que parece com não sei o que lá que proporciona muita tristeza por não conseguir sentí-lo... hahahahahaha, enfim.


Uma coisa que era tão simples agora ficou complicado... Logo depois de perder o Olfato, meu marido e eu precisávamos de um perfume. Fomos fazer compras no Carrefour e lá dentro tinha um Boticário. Aproveitamos a deixa e entramos para comprar. A "moça" já logo veio com aqueles papéizinhos encharcados de perfume pra ver qual seria melhor... Peguei o papelzinho e logo entreguei para o Samuel: "Sente ai e ve se é bom, por favor"... hahahahahaha. A mulher olhou muito estranho pra mim e adivinhaaaa?! Contei tooooooda minha história pra ela - ODEIO! hehe. 
Acabou que o Samuel escolheu o meu e o dele, mas como eu confio inteiramente, sei que foi o melhor e a embalagem era lindaaa... hahahaha!


Essa semana teremos que ir novamente, pois já faz um tempo que os nossos acabaram. Vou ter que reviver a situação, aaafffff! Ninguém merece!
Depois conto pra vocês como foi!


Beijoooocas

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

La Fiesta...

Ai gente, eu "se divirto" viu...
Final de ano, todo mundo animado e no trabalho não podia ser diferente. Trabalho em uma agência de Publicidade, então o povo é bem criativo. Como sou da produção pediram para que eu tomasse conta da festa de confraternização de final de ano. 
- O que será? - Perguntei.
- Festa Mexicana!!! - Votaram.

Fui eu toda feliz organizar a festa. E deu tudo certo, tirando a chuva... Uma coisa não foi legal! Adivinhaaaaaa? Meu paladar!!! Aaaaaaeeeeeeeee...

Pra resumir, nunca tinha comido comida mexicana, nem quando meu paladar era zerado. Óbvio que a experiência não foi legal, porque T-U-D-O tem tempero forte na culinária Mexicana! O mais legal é que quando os garçons vinham me oferecer eu não aceitava nada. Claro que como fui eu quem cuidou de tudo e já tinha afinidade com todos, começaram a me questionar e como é inevitável, passados 30 minutos, o buffet inteeeeiro já sabia do meu problema - hahahahahahahahahahahahahahahaha, só rindo mesmo!!!

Consegui comer: Taco de queijo com alface e só! hahahahahahahahahahaha.
Pra beber tive que trazer um suco de caixinha de uva, porque o buffet só deu refri, bebidas alcoolicas e água! Aaaaaeeeeeeeeee...
Mas pela foto aqui do lado, vocês podem ver que eu me diverti muuuuito e não deixei que isso me afetasse, afinal o taco de queijo estava bem gostoso viu! Acho que comi uns 15!!! hahahahahahahaha.
Beijããããããooo, tchau, tchau!

quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Comer fora se tornou um pesadelo!

É... quem não gosta de comer fora?
Eu adoraaaaava, mas agora isso não é mais tão legal.

Eu e meu marido, desde que casamos, somos mal acostumados a comer fora todos os finais de semana, mas isso porque a gente nunca está em casa. Ou estamos em Jundiaí ou estamos passeando, enfim... Comer fora era muuuuito mais legal quando meu paladar estava ok. Hoje em dia complicou porque eu tenho que comer sempre nos mesmos lugares, os quais eu sei que conseguirei engolir a comida.

Por exemplo: no Mc só consigo comer o numero 01 sem cebola e com suco de uva (já to enjoando), no Giraffas só posso comer aquele prato com steak de frango e sem o feijão (porque tem tempero), no subway só posso comer o sanduiche vegetariano sem quase nada de tempero e por ai vai. Aff, sem condições. Basicamente só posso comer nesses 3 lugares e dessa forma.

Se eu for comer am alguma churrascaria, por exemplo, sempre tenho que perguntar se a carne está temperada apenas com sal (tipo churrasco mesmo)... Ai que desagradável!

Massas eu consigo comer, desde que não seja aquelas com recheio e o molho só pode ser o branco!

Aaaaaiiiii.... E a comida da minha sogra que era a melhor do universo com aquele tempero incrível!!!! Não dá mais! Meo Deos...

Só de olhar pra essa imagem ao lado e saber que a maioria não consigo comer, já me dá vontade de chorar! hahahahah...

Eu sei que não posso reclamar e tal, mas preciso desabafar de alguma forma gente! Comer era o meu maior prazer! Eu comia de tudo, sem frescura e agora onde vou tenho que ficar perguntando e as vezes não consigo comer e deixo no prato... isso é bem coisa de gente fresca e eu não sou assim. As vezes fico me explicando para o garçon ou atendente... Hahaha! Sem condições.

Bom, a vida continua e sigo feliz comendo a comidinha da Cleuza todos os dias. Aos finais de semana a gente dá um jeito... hehe

Beijos a todos

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

A parte boa da situação!

Bom gente,

A gente não pode ficar se lamentando a todo minuto porque aconteceu isso né? Então vamos ver o lado bom da coisa...
- Primeiro - pode peidar aaaaaaa vontade que eu não sentirei o fedor! hahahaha
- Segundo - Estou bem mais saudável depois disso, pois a maioria das coisas que como tem que ser naturais e sem tempero forte. Salgados de padaria, salgadinhos de saquinho, refrigerante, etc, não consigo comer...
- Terceiro - algumas situações podem deixar você mais tranquila - ex: ontem na hora do almoço nossa cozinheira (Cleuza - que inclusive salvou a minha vida, pois a comida dela é a melhor pra mim), fez uma salsicha com molho que devia estar deliciosa, mas eu não consigo comer, então era só pra minha irmã. Quando estava vindo com a panela na mão, bateu na quina da parede e derrubou tuuuudo no chão. Olhei para aquela cena e pensei: "pow, que bom que não era pra mim"!
- Quarto - mmmmm... acho que não tem mais!

É realmente não tem tanto lado bom, mas vamos nos concentrar nisso.
Pelo menos hoje vou comer comida Japonesa, o que é ótimo para o meu paladar, pois não tem tempero. É só molhar no shoyo e tá tudo certo!

Nos vemos amanhã pessoal.
Beijos

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Sim, eu perdi o Olfato!

Olá Pessoal,

Não aguentei e montei um blog para contar aqui algumas aventuras que vivencio com esse olfato e, por consequencia, paladar zicado!

Primeiro vou resumir como eu perdi o queridíssimo...
Em meados de Dezembro de 2010 tive uma forte gripe acompanhada de uma forte crise de sinusite. Como qualquer idiota, eu não procurei um médico e fui me auto medicando. A gripe passou, a sinusite passou, mas numa Segunda - feira (mais ou menos uma semana após a crise) acordei para preparar o café e percebi que o cheiro não era o do café e que também não era de qualquer outra coisa, era um cheiro novo. Pensei: "deve ser por causa da gripe, mas daqui um tempo volta...". Continuando como uma sem noção, não procurei o médico.
3 meses se passaram (sim, eu sou uma sem noção) e eu sem convênio, resolvi tomar uma providência. Marquei um Otorrino pelo SUS e esperei mais 01 mes para conseguir ser atendida. Ele me pediu uma tomografia, fiz e voltei com ele. Analisando o exame ele disse que estava tudo em ordem e que então provavelmente era o nervo olfativo. Ele havia falecido ou estava simplesmente adormecido.
- Não tem cura! - Ele disse.
Pooooooooooootz, foi tipo um soco na cara sabe? Meu marido estava comigo no consultorio e já viu meus olhos se enchendo de lágrimas. Chorei muuuuito mesmo, mas não adianta nada!
Resolvi procurar mais um otorrino para pegar opiniões diferentes. O que aconteceu é que o outro otorrino deu o mesmo diagnóstico, ou seja, morte do nervo olfativo.
Não existe cura, tratamento, cirurgia, prótese, enfim. MAS, existe a cura divina pra quem cre, como eu!
Tentei alguns tratamentos durante esse tempo, mas nada funciona e tudo continua igual. O que me incomoda mais não é nem o fato de eu não conseguir destinguir os odores, mas sim o meu paladar que foi alterado em 95%. A maioria das coisas que eu comia, não consigo comer mais, porque o gosto se tornou ruim, são horríveis e não dá pra comparar com nada, pois é tudo tem um gosto novo (é meio difícil de explicar). Toda minha alimentação foi alterada, os temperos não podem ter cebola ou alho, café não desce mais, chocolate é horroroso, enfim gente!

Tenho retorno no Otorrino com outra tomografia e vamos vendo. Vou postando aqui o que vai me acontecendo e as aventuras que passo. Por ser uma sindrome rara, prefiro compartilhar aqui pra talvez ajudar quem precise de algumas informações relacionadas a isso.

A propósito, o nome disso é Anosmia.

Um beijo e um cheiro, quer dizer, só beijo!