Follow by Email

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Uma história parecida...

Olá pessoal,

Hoje entrei no meu email e fiquei muito feliz ao receber um de Diogo Carvalho. Espero poder ajudar mais pessoas que tenham Anosmia da forma que eu puder... Segue abaixo o email que trocamos. Talvez possa ajudar...

"Boa noite!

Estava procurando na net e encontrei seu blog.

Aconteceu comigo também, depois de uma sinusite, perdi o olfato e paladar, já está há + ou - 60 dias. Usei decadron 10 dias e 10 de nasonex.( foi depois destes rémedio que fiquei assim)
Só que sinto um cheiro ruim de tudo( tipo plastico queimado) e tem dias que fica só com cheiro de sabão em pó.
Não sinto cheiro de nada,fruta, alimentos, o próprio gás de cozinha, não sinto nem cheiro de coco. Fiz tomografia, raio x, um exame que enfia um tubo no nariz e deu coisas, mais segundo médicos nada que comprometesse a perda do olfato. Procurei até neurologista e nada.
Hoje estou fazendo tratamento com homeopatia há 2 semanas e até agora nada. Só que quando coloco desedorante spray vem cheiro muito forte e ruim e queima minhas narinas.
Quando cheiro perfume não consigo sentir cheiro de nada, só queima muito meu nariz por ter álcool.

Aguardo contato"

Minha resposta:

"Diogooooo,

Que horror! Sei como é isso!!! O seu ainda é um pouco pior que o meu... Não sinto essas queimações...
Perdi o olfato depois de uma gripe com sinusite muito forte, mas acho que o que ajudou foi o uso vicioso de remedios como o sorine, aturgil e afins por muuuuito tempo... Meus exames também não disseram nada e por isso os médicos deduziram que o meu nervo olfativo parou de funcionar. Acredito que não tenha sido 100 por cento, pois ainda sinto odores, só não sei definir o que é. Claro que depois de dois anos, vc começa a saber mais ou menos o que pode ser... Ainda consigo definir o que é cheiro bom do que o que é ruim. Mas sofri mais mesmo pelo paladar. Sempre comi de tudo e adorava experimentar, mas depois disso tive que reaprender a comertudo e tenho medo de comer coisas novas!!! Quase entrei em depressão e tive muitos problemas psicológicos por conta disso!
É uma coisa bem séria...
Disseram pra eu tentar acupuntura, mas ainda não tive tempo de marcar uma sessão e nem dinheiro, pois sei que um bom acupunturista é bem caro. Acho que você deveria tentar também. Ainda está recente... Quanto antes, melhor!!!
Uma outra coisa alternativa que fiquei conhecendo foi um lance de respiração de renascimento. Em São Paulo eu tenho uma amiga que fez um curso e está se especializando nessa técnica. Ela explicou que isso nos ensina a respirar corretamente e ajuda no nosso psicologico também. Tudo isso acho válido tentar, já que os remédios não funcionam. Todos os otorrinos e neurologistas que consultei me passaram o mesmo diagnóstico: a medicina não descobriu até hoje um modo de curar ou ressuscitar um nervo, por isso não existe cura. Não existe tratamento, nem cirurgia, nem "protese", nem nada... O que me restou foi continuar um tratamento com um remédio chamado singulair e esses métodos alternativos, além da minha fé em Deus de que a cura pode vir de forma milagrosa, claro!
Enfim, fiquei muito feliz de saber que você encontrou meu blog e quetalvez isso possa te ajudar!
Vamos mantendo contato para saber das novidades e tentativas, ok?

Um abraço e melhora pra nós!!!"

Enfim, essa foi nossa conversa e achei muito válido postar isso para que outros possam vem também.

Obrigada Diogo!

Beijos a todos




segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Outback? Não rola...

Genteeeeeeeeee,

Depois de não sei quanto meses, voltei a escrever!
Sei lá... não rolou nenhum evento que eu achasse válido colocar aqui!
Mas ontem aconteceu!
Resolvi almoçar com os amigos no Outback aqui de Ribeirão Preto. Com esse paladar ainda não tinha comido e com o paladar normal comi, mas há muuuito tempo, então nem lembrava mais.
Os amigos conheciam mais, então pediram o que achavam mais gostoso: a costela com frango e batatas e depois a famosa cebola. Pois bem, eu morrendo de fome olhei aquele frango apetitoso com um monte de molho barbecue em cima e já logo peguei metade do pedaço. Enfiei quase que tudo na boca! Adivinhaaaaaa???? EXTREMAMENTE APIMENTADOOOOO!!!! Para tentar amenizar comi a batata - também estava apimentado!!! Quando a cebola chegou, comi e? Também apimentadoooooooo!!!! Quase morri (tipo esse desenho aqui do lado que implorava por água)!
Para meus amigos estava apimentado, mas nem tanto como pra mim.
Deduzimos que o meu paladar provavelmente intensifica o sabor da pimenta a ponto de me fazer passar mal.
Conclusão: PIMENTA NUNCA MAIS!!!

Beijocas e espero nos vermos mais por aqui