Follow by Email

terça-feira, 12 de agosto de 2014

Apareceu a margarida?

E aiiii pessoal!
To sumida pra caramba né? Pode falar... Hehe.

Desculpa ai gente, mas realmente estava sem idéias sobre o que escrever, mas hoje uma pessoa do meu trabalho me deu uma "luz"!
Justamente por não ter nada pra escrever, posso escrever sobre isso! Hahahahaha...
O que acontece é o seguinte... Em Dezembro fará 4 anos que estou com esse problema irritante... Isso já faz tanto parte da minha vida que eu nem me preocupo mais. Já acostumei com os gostos e cheiros "novos"... Pelo fato de ser irreversível (só Deus pode me liberar essa cura) eu acabei desencanando e to esperando em Deus. Sei que na hora Dele essa cura virá! ;)
O que eu tenho percebido é que com o tempo as coisas mudam... No começo tinha coisa que eu nem podia ver na frente de tão ruim que era... Hoje, isso mudou! Por exemplo o café, a linguiça, a salsicha, enfim. No começo eu tentava comer essas coisas e eram horríveis, mas hoje eu consigo... Claro que não é tão delicioso como costumava ser, mas dando pra comer e não sendo horrível já considero uma vitória! A linguiça, inclusive, comi esse último final de semana pela primeira vez depois de 4 anos! Uuuhuuuullll! Juliana wins! Hahahahaha

Ah! Acho que é isso gente! Continuem me acompanhando...
Beijocas e Deus abençoe vocês!


9 comentários:

  1. Olá Jubs. Não perdi o olfato como você e os membros do seu blog mas encontrei o seu blog justamente ao procurar pessoas com outros problemas que não fossem o meu justamente para aliviar a minha angústia e ansiedade algumas semanas atrás.
    Há um ano e meio convivo com um sintoma chamado Tinnitus ou popularmente chamado de zumbido no ouvido. É algo que te leva a loucura pois não há como fugir do barulho irritante incessante e algumas pessoas falam ter chegado a cura mas a maioria não. Nos piores dias não há como dormir, nem pensar em outra coisa. O resultado é ansiedade, angústia, depressão e pensamentos suicidas. Mas acho que tenho um pouco de sorte pois o meu é considerado leve. E percebo mais em ambientes quietos.
    Uma coisa digo a você, sinto tanta falta do silêncio quanto você sente do olfato e do paladar hahaha

    Minha última esperança é tentar uma cirurgia espiritual, você já pensou nisso?
    Abraço
    Gabriel

    ResponderExcluir
  2. Carambaaaaaaaaaaa… que históriaaaa! Nossa mano, força ai!!!
    To achando que meu problema ficou pequeno perto do seu… hehehe…
    Eu peço muito para Deus me curar… Tenho fé nisso!!!
    Força ai mano…. Tamo junto!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é. E tem muitas pessoas que possuem o problema severo. Já li histórias de pessoas que dizem ouvir o zumbido mesmo dirigindo o carro com as janelas abertas ou no trem. Se o meu fosse assim é complicado, mas teria que partir desse planeta, pois é uma tortura constante.
      Muitas pessoas e famosos tem esse problema, principalmente na área musical devido à exposição frequente a volumes danosos.
      Acho que nenhum ser vivo com esse problema hoje vai presenciar a cura (se possível) pela medicina tradicional mas pode ser que daqui uns 10, 20 anos exista algum medicamento ou tratamento eficiente. Existem casos que passaram com o tempo também, apesar de raros
      Enfim, muita força pra vc também e rezo pela nossa cura

      Excluir
    2. Eitaaaa! É bem complicado mesmo esse problema ai heim….
      Vamos nos apegar nessa cura que alguns falam!!!
      Estarei orando por nós!!! hehehe
      Beijos e forçaaa!

      Excluir
  3. Poxa. Eu fuçando o google sobre perda de de paladar e olfato e acabei chegando no seu blog. Li algumas postagens e achei interessante como foi o desenrolar da sua história, que po sinal ainda está desenrolando. Desejo força e o que tiver que ser será.
    Quanto a mim, passei por uma gripe forte de duas semanas, e há mais duas que passou a gripe,mas estou sentindo o fracamente de algumas e coisas e de outras não e a mesma coisa com o cheiro. Agora fiquei preocupado se devo procurar um médico...

    Ass: Amilton

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Amilton,

      Obrigada por comentar e por desejar força e tal.
      Meu conselho é: marque uma consulta o quanto antes com um otorrino!!! Caso você tenha anosmia ou hiposmia, será mais fácil de reverter no começo!
      Fica a dica! ;)
      Beijos e melhoras

      Excluir
  4. olá Jubs, veio aqui compartilhar tb com vcs este problema tb que está acontecendo comigo sabe, eu sofri um acidente dia 24 do mês passado, e desde entao percebi tb essa incapacidade de olfato e paladar, assim já faz amanha um Mês que estou sentindo isso, vivo muitas vezes fazendo testes, cheirando isso e aquilo, e as vezes percebo algumas coisas como o café que consigo sentir mesmo não sendo tao forte sabe. tipo de olhos fechados identificaria, como uma naftalina e tal, e alguns não consigo identificar. queria saber de vc, tem jeito esse nosso mau? ja ouvi relatos de pessoas aqui na minha cidade para mim dizendo que aconteceu isso com elas e com um certo tempo voltou. assim ja li muito sobre e sei que se trata de uma anosmia ou hianosmia meu caso, porém ainda vou passar por um neuro e otorrino.mais enfim estou na fé que o meu ainda retorne, e se deus quiser o nosso não é. estou ainda em recuperação pois quebrei o antebraço esquerdo no acidente. estou sempre pedindo a DEUS que tudo isso passe.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jonildo...
      Um mês ainda é pouco pra dizer se vai voltar ou não, mas meu conselho é realmente ir a um médico. O quanto antes é melhor!!!
      O meu já está há 5 anos desse jeito, mas a cada ano eu me adapto mais... Hoje já como várias coisas que não comia no primeiro ano, então acredito que de uma forma ou de outra dá tudo certo!
      Continue tendo fé que Ele pode curar qualquer problema!
      Deus te abençoe e nos conte mais novidades em breve heim!
      Melhoras em tudo ai!
      Beijos

      Excluir
  5. Ola,

    Sou jornalista e estou preparando uma reportagem sobre a perda de olfato.
    Gostaria de ouvir o seu testemunho. Caso esteja interessada e leia essa mensagem antes de 12/10/15, por favor me escreva no email :

    journalisterfibresil@gmail.com

    Obrigado,

    ResponderExcluir